terça-feira, 30 de novembro de 2010

O Circo

E então começa palhaça. A barraca é armada, as pessoas vem se aproximando esperando ficarem impressionadas, sabe-se lá do que, afinal de nada sabem o que vai acontecer, nunca sabem. O ambiente pouco iluminado torna-se o lugar em que está se repousando, há uma pequena fagulha de luz, um palco. Agora alguém entra nessa única fonte de luz. Todos se silênciam, estão apreensivos, esperam ver algo inédito para os seus olhos, algo que lhes tragam algum sentimento forte.

As palavras começam a sair da boca daquele maestro, ele se torna o senhor daquelas pessoas, suas palavras são autorizadas por Deus a influênciar as pessoas. Elas agora aceitam suas palavras como verdades, não existe questionamente.

Assim nasce a ignorância.

____________________________________________________________________


Sei que estou sumido e deixei os últimos posts com o J.C., mas estou com diabos na minha cabeça, então tenho que resolver as coisas. Não lhe importa.
Bjs! ;*
@RenanSparrow

5 comentários:

Daiane Monteiro disse...

Amei, Renan querido!
Quando a pessoa sabe escrever é outra coisa não é mesmo?

Torpor Niilista disse...

Gostei do post.

Bjo.s baby...

Karine disse...

O título me atraiu, adivinha pq?! AHEUIHAUIE

Jean Carlos disse...

Boa... cara, a muito tempo eu vejo as pessoas deixarem as coisas pra lá... e não questionarem mais nada... muito bom o texto Renan...
(agora... fica um questionamento, porque que o pessoal não comenta meus posts? exijo comentarios. hehe...brincadeira)

Naty Passokinha disse...

olá
Parabéns , vc foi premiado (a) com o selo de qualidade
Eu indiquei vc
Saiba mais no meu blog

www.blogcrazygalaxy.blogspot.com